Total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Nesta entrada de ano, sugiro um passeio ao shopping. Vá a todas as lojas  e siga o pensamento de Sócrates filósofo grego, descanse a cabeça percorrendo todos os centros comerciais e quando os vendedores lhes perguntarem o que desejam, responda: "Estou apenas olhando quanta coisa não preciso para ser feliz"
FELIZ ANO NOVO... que venha 2013 com muita PAZ, SAÚDE, SUCESSO, AMOR;

domingo, 30 de dezembro de 2012

Pedras no caminho



Em meu caminho tudo é escuridão
Lágrimas rolam
Pedras que machucam
Tropeços, quedas, paradas
Mas levanto e volto a lutar
Que os tropeços fiquem ali
Com as pedras do caminho
Meu foco eu não perderei
Nem com as pedras no meio do caminho.



sábado, 29 de dezembro de 2012

Meus silêncio







E no silêncio de mais uma manhã
É que me encontro
O meu mundo está em paz
Meus pensamentos divagam
A vida o amor, você
Me entrego aos meus devaneios solitários
Aos meus questionamento sobre a vida
Meus porquês sem respostas
E mais uma vez nossa vida segue
Porque nosso mundo não acabou.

Amor Verdadeiro





O amor é tudo, seja na velhice ou na adolescência
Amor não é só coisa do coração
Amor é corpo e alma 
É o pulsar descompassado 
É perna bamba, mãos geladas, suor frio
São sonhos, são desejos 
São flores no caminho
É a intensidade de tudo 
São as cores mais vivas 
As flores mais lindas 
É o sonhar, o levitar com a música que nem gostava 
Mas que marcou lá no fundo da alma 
É sorrir sem motivos 
É o lembrar com felicidade de todas as bobagens feitas 
No começo ele é magia intensa
É loucura impensada
Com o tempo ele se acalma e vira paz
Navega tranquilo
Sem sobressaltos 
Mas sem nunca perder a magia total do começo
Uma surpresa inesperada trás de volta o pulsar descompassado do amor 
Renovando assim os primeiros momentos 
Do nascimento de um grande amor...




sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Sentimentos profundos





E na parte mais profunda de mim
Guardo meus segredos
Guardo também meus sonhos secretos
É lá e só lá que guardo o amor
E a dor que sinto
Porque meu amor pra você é nada
E ficará guardado nas profundezas de minha alma
Não te cobro nada
Porque de nada tenho direito
Mas não profane meus sentimentos com mentiras
Apenas brinde-me com teu silêncio
Que é meu alento
Pois não quero nem sim nem não.


domingo, 23 de dezembro de 2012

Me leve daqui pra junto de ti





Me leva daqui, pra junto de ti
Pois meu coração te chama
Me faça feliz
Somente em teus braços eu vou me encontrar
Essa distância, essa ausência involuntária
Essa falta que sinto
Esse lamento, a dor que consome
As lágrimas que rolam
É meu coração chamando por ti
Nas suas andanças, a procura por ti
Por bosques, alamedas e parque
Não vais encontrar amor maior que o meu
Entenda meu grito de desespero
Saiba porque meu corpo se treme por inteiro
No silêncio, a angústia e a dor chamam por teu amor
Me leve daqui pra junto de ti.


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Liberdade





Há se eu pudesse sem destino, sem rota
Simplesmente seguir meu coração
Há se eu pudesse esquecer hábitos
Recriar costumes
Tranquilizar minha mente
Parar ou correr
Mas sempre seguindo em frente
A liberdade de um novo tempo grita
Enlouquecida  em meu peito
Me trazendo ensejo de um amanha melhor
Fixa em meu peito somente a alegria
A paz e os bons sonhos
Para que eu possa levar hábitos melhores em meu novo caminho.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Alma que chora





Um forte soluço me fez parar
Decidi não mais chorar
Não devo mais sofrer
Esse vazio toma conta do meu ser
Essa falta
Essa busca constante
Um querer mais
Uma inquietação na alma
Alma perdida
Que busca, pede, implora
Mas não sabe o que procura.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Voo solo






Nas muralhas ensanguentadas da vida deixo meu amor
Deixo minhas dores
Deixo meu passado
Como uma gaivota sigo em voo solo
Batendo minhas asas nas dificuldades da vida
Perdendo no caminho partes de mim
Como as penas da gaivota ficam perdidas nos obstáculos
Eu deixo partes de mim pelos caminhos tortuosos
Mas sigo em frente
Mesmo sem ver o horizonte
Sigo atrás da liberdade
Renascendo todos os dias em um voo solo.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Não tente me despertar








Não tente me despertar
Nesse momento não quero acordar
Deixe-me sonhar
Me levar
Onde o amor vai me encontrar

Não tente me despertar
Deixe a tempestade chegar
Deixe que as ondas tentem me levar
Que o vento sopre e uive com toda sua força

Não tente me despertar
Deixe-me caminhar pelas areias quentes da praia
Viajar e descansar pelo cais abandonado
Por cidades perdidas

Não tente me despertar
Deixe-me sonhar
E quando acordar, quero-te comigo
As lembranças do amor vivido

Levo no peito um alucinado e dócil amor vivido em sonhos
De mar em mar
De cais em cais.





sábado, 24 de novembro de 2012

Amor e fantasia





Nessa trajetória perdida
Me permitas colheitas de amor
Onde a luz da noite e do dia em teus olhos encontra companhia
Doce magia
Encanto sem fim
Em teus braços esqueço de mim
Corpos em chamas
Desejos ardentes
Viagens e delírios
Afagos no silêncio
Corpos que falam ao se tocarem
Eu  e Você
A noite e o dia
Amor e fantasia






Tem dias que me sinto impotente diante da vida. O sofrimento, a doença, são as únicas coisas que não podemos mudar. Pior é ver o sofrimento de uma criança . Ver a infância podada, privada, é cruel demais.
Há momentos na vida em que mesmo em meio ao sofrimento encontramos a felicidade.
Às vezes, com gestos simples, as pessoas nos surpreendem, nos enchem de esperança. Nos fazem acreditar que o mundo ainda é um lugar de amor, onde as pessoas podem ser solidárias e ajudar sem esperar retorno algum...

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Momento passado





Mais um dia que nasce
E você continua longe de mim
Minhas forças estão acabando
Sei que não posso mais te trazer pra perto de mim
O melhor de tudo ficou para trás
Um momento, passado
Momentos únicos e inesquecíveis
Acabou, não sou mais sua menina
Não sou mais seu anjo, seu tudo
Só queria ser pra você o seu amor
Queria ser sua realidade
Seu presente, seu futuro
Hoje sou só seu passado
Minha alma pede por ti a todo instante
Grita pelo teu amor
Minha alma ainda espera
Mas continuarei vivendo
Não sonhando
Mesmo que o perfume que me deste tenha acabado
Mesmo quando as flores murcharem
Mesmo que nada do chocolate tenha restado
Eu ainda assim preciso continuar
E você faz parte de mim
Das minhas lembranças
Do meu passado
Nas músicas, no cheiro, no gosto
Na minha memória
Impregnado na minha alma você continuará pra sempre.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Crescer é preciso






Eu entendo que o tempo passou
Que não posso ser uma eterna menina
Que tenho que crescer e evoluir
Deixar meus sonhos infantis
Tenho que entender os motivos, as razões
Que levam a vida a transformar em pó as minhas certezas
Entendo que a vida passa
Que tenho que evoluir
Não posso viver em um passado inexistente
Não posso viver noite e dia de sonhos passados
Por isso mesmo com dor é hora de seguir em frente
De crescer
Hora de destruir recordações
Se desfazer do que não serve mais
Do que não satisfaz
Abra o espaço para o novo
Cresça
Evolua
E seja feliz.


Eu te perdoo


Eu perdoo-te tudo que me fez sofrer
Eu perdoo-te porque sei que também sofres
Eu senti que aos poucos te perdia
Mas não sabia que a ferida que abriria em meu peito iria doer assim
Mas eu perdoo-te toda a tristeza que me trouxeste
Eu perdoo-te por roubar a minha paz
Por levar as minhas certezas
E me deixar só as tristezas
Não te culpo, te perdoo
Foi meu egoísmo que não me deixou ver que todos somos humanos
Que eu erro e que você erra
Que nos deixamos levar
Às incertezas da vida eu me entreguei
O medo de ser infeliz
O querer sempre acertar
Não me deixou ver que o que eu queria era te amar
Eu perdoo-te por me deixar
Porque quero que perdoe-me por ainda te amar.


quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Nosso sonho




Sonhar... Como é bom sonhar
O céu em um tom azul marinho, pintado de estrelas
Praia com seus lindos quiosques lotados
Você e eu em nosso barquinho
Brisa da noite que acaricia minha face
Fecho os olhos pra não ver o tempo passar
A música suave que faz o barulho do mar
Intensificando o momento
Seus braços a me enlaçar e proteger
Recostada em teu peito nada há pra temer
Ouço seu coração descompassado de alegria
Completamente mergulhada no prazer dos teus beijos
Deixo o amor brotar em minha alma
Noite de encanto ao teu lado vivi
Prazer infinito em teus braços senti
Acordo ainda com o sabor dos teus beijos em minha boca
Banhada de suor e coração acelerado
Na memória os lindos momentos por mim sonhado
Desejo de continuar a dormir e voltar a sonhar...


sábado, 3 de novembro de 2012

O tempo não para






Na vida, às vezes, é preciso perder pra viver.
O tempo corre
Não para.
Mas há certas lembranças que me fazem querer parar o tempo
Pra não deixar aquele momento passar.
Aquele abraço apertado
Aquele beijo roubado
O olhar de cumplicidade
A brincadeira gostosa com os amigos
Aquele colo de mãe
O cheiro do pão caseiro
A mesa posta para o café de manhã em família
O "Deus te abençõe" dito pelo mau pai
Que não terei nunca mais
O primeiro passo dos filhos
A primeira palavra.
O encontro com o amor
O cheiro, o gosto, o riso.
Os amigos, os lugares e até paladares
Mas o tempo não para.
Por isso vivo com intensidade  cada momento
Pra levar comigo o alento
De ter vivido lindos momentos.


AMOR






O amor é difícil entender
Não é uma equação matemática 
Não tem senso, nem medida
Não tem formulas, nem regras
O amor é desequilíbrio,é loucura
É a distância que aproxima 
Amor é duvida é certeza
É ver tudo com clareza
Na nevoa dos sentimentos
Amor é querer fugir 
É o medo de sofrer
É aceitar  tudo e de tudo correr
É sucesso é fracasso
É não saber o que faço
AMOR  é só amor 
É a loucura de viver.




terça-feira, 30 de outubro de 2012

A dor da saudade.




Meu coração chora
Dor que não tem explicação
Saudade, saudade, é só o que há em mim
Tremulá, abatida, quase sem saída
Ando cegamente em meu quarto escuro
Tateando uma saída
Sozinha,  triste, sem rumo
Porque me falta você pra me guiar
Perdão se te usei como refugio dos meus sentidos
Perdoe se hoje grito por ti
É tentando que a noite te traga pra mim
Para que eu possa tocar muito além do físico absorto
Quero tocar-te além do limite do corpo
Quero entrar na tua alma e com calma
Te mostrar o que a tua ausência nos faz
Respirando, aspirando chego a sentir seu perfume
Mas é só a saudade que teu cheiro me traz.





sábado, 27 de outubro de 2012

Apaixonada pela vida






Hoje me dei conta de que voltei a vida
Novamente me apaixonei pelo ato simples de viver
Ou reapaixonei-me pela vida
E fizemos um trato
Ela para de me magoar e eu paro de sofrer
Ainda não sei em que momento comecei a revê-la
Talvez tenha me descoberto
Acho que tento me enganar
Dizendo que a única responsável pela minha felicidade ou infelicidade sou eu
Tenho que abrir meu coração
Acho que meu coração vai dizer que meu amor pela vida é porque ele está ocupado
Essa euforia
Aquela música que emociona
Só me faz ver que há mais além do meu amor pela vida e por mim
Há meu amor por você que há muito faz parte de mim
Mesmo ainda sentindo aquele meu lado ferido
Que grita por socorro, às vezes
Mas eu já consigo mante-lo escondido,cercado calado
Esse lado triste e sombrio não vai mais me atrapalhar
Não vai mais me sufocar
Nem me manter presa a um passado distante
Descobri que a vida vale mais pra mim
E por mim, quero ser feliz
E assim irei levando a vida tom a tom em suas belas cores.


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Alma vazia






Acho que minha alma  ficou desgastada
Minha alma hoje está vazia
Não tenho mais nada pra escrever
Onde está minha inspiração
Em que parte da vida eu te perdi
Cadê a felicidade que me inspirava
Não restou nem mesmo a dor que no papel eu colocava
Alma vazia
Me sinto frágil agora
Será que é porque te perdi para sempre
Me sinto uma folha jogada ao vento
A merce do tempo
Sem sentimentos
Sem a força do teu amor que me impulsionava
Sou alma vazia
Sem sentimentos...
Quero-te comigo, mas não posso usar as artérias do meu coração para amarrar vc. Por isso deixo-te livre...

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Está saudade







Às vezes, a saudade sufoca
Aperta o peito
Mas sofro essa dor calada
Meus pensamentos desesperados buscam a sua imagem
Momento inexplicável
Doce ternura
Onde minhas mãos tateiam teu rosto imaginável
Acariciando sua face antes que a imagem se desfaça
Beijo apressado pousado nos lábios
Antes que o tempo apague de vez
A tua lembrança dos meus pensamentos...


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O tempo passa





Hoje vi como a vida passa depressa
Como tudo se modifica de um dia pra outro
Tudo muda a cada instante
E será que nós mudamos também
Será que conseguimos acompanhar essas mudanças
Ou ficamos parados chorando o que passou?
Tudo passa depressa demais
Acompanhe as modificações do mundo
Não sofra pelo que não volta mais
Leve contigo as lembranças que te fortalecem
E esqueça o que já foi...

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Meus pensamentos






E pensando...
Você não me sai da cabeça
Estava desarmada, não esperava pelo amor
Mas você apareceu como um presente de Deus
Já não esperava encontrar sentimentos, há muito perdidos
Ou jamais sentidos
Essa cumplicidade
Essa afinidade, o carinho
Foi aos poucos fazendo parte de mim
Mas teu sorriso, teu olhar me trouxe de volta o medo de me machucar
Eu que nem sei se um dia amei
Ao teu lado me encontrei
Dividimos os mesmos pensamentos
Gostos, alegrias
Cada momento é pura magia
Sem futuro, nem passado
Quero só viver o momento ao teu lado.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Dia





Acordei com o canto mágico dos pássaros
Uma melodia que toma conta do ar
Abro os olhos bem devagar
Restes de luz enchem meu quarto
Abro a janela e contemplo a vida
O sol aquece meu rosto em um bom dia sem igual
Vento suave me acaricia o corpo
Que se arrepia todo
Mais um dia
Mais um lindo dia
Presente da vida a quem sabe viver.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Vento





Esse coral tem quantas vozes
Não consigo imaginar
Quantas vozes tem o sussurro de todos os ventos
O canto de todos os pássaros
O coro dos ventos que fazem tinir os vidros da minha janela
Eles jamais dormem
Assoviam canções, hinos cantigas
Ventos fortes
Brisas leves
Ventos revoltos que movem até pedras
Balançam as árvores
Arrepiam o corpo
Na madrugada não nos deixam dormir
Inventam canções, composições
De onde vem
Pra onde vão
O que trazem
O que levam os ventos que aqui senti.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Às vezes, acho que tudo são dias de carnaval, onde as pessoas usam máscaras e deixam as fantasias dominarem a vida.
Quanto mais difícil for o caminho maior será a vitória e o contentamento por chegar no final.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Grito de socorro





E o meu grito ecoou novamente
Como um pedido de socorro
No desespero do meu coração
Tentei em vão me acalmar
O vazio e a dor inacabável
Queria ser forte
Mandar todos pra longe
Esquecer essa vida
Começar tudo de novo
O sentimento que restou foi apenas mágoa
E palavras sufocadas porque não pude dizer
Sei que um dia você irá se arrepender
Porque o passado já não importa mais
Não importa nossas lembranças
Elas foram apagadas pela dor que você me fez sentir
Me julgou mais uma vez sem me ouvir
Deixou  a dor tomar conta de mim.



Talvez eu





Talvez eu seja mágica
Posso ser uma fada
Ou talvez uma feiticeira
Talvez um anjo
Ou  um demônio
Ou talvez eu seja só uma mulher
Ou quem sabe uma criança
Posso ser amor ou paixão
Discórdia ou angústia
Alegria ou tristeza
Ou talvez só uma feiticeira
Que te enfeitiça com o olhar
Ou talvez eu não seja nada
Nem anjo, nem demônio, nem fada ou feiticeira
Sou só uma mulher a procura do amor o tempo inteiro.





quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Magoa



Perambulei pelos quatro cantos
Sufocada por palavras não ditas
Lembranças me trouxeram aos lábios o riso
Mas as lágrimas mesmo assim caíram
O vento me trouxe a lembrança do teu perfume
E a dor da mágoa guardada renasceu no meu coração
O peito arde em chama violenta
Me levando ao desespero
Queria dizer-te tanta coisa
Colocar em palavras a mágoa sentida e não pronunciada
Sufoco sentimentos que me levam quase ao desespero
O sono e as lágrimas anestesiam pouco a pouco essa dor
Acalmando meu coração que pulsa quase saindo do peito
Mergulho na escuridão do sono
Deixo me levar pelos sonhos
Lá a felicidade é completa, tudo é possível
Até encontrar o próximo amanhecer


terça-feira, 25 de setembro de 2012

Viva hoje como se não houvesse amanhã






Mesmo que sua vida seja feita de momentos
Lembre-se de que cada um é singular
Não vai se repetir
Não espere que amanhã você tenha as mesmas oportunidades que teve hoje
Viva esse momento único
Não deixe de dizer EU TE AMO
Abrace
Beije
Ria
Chore
Pule
Grite
Curta
Sofra, se for o caso
Mas agarre a vida
Viva e seja feliz
Amar também pode exigir que você abra mão do amor
Seja feliz hoje porque o amanhã pode não existir.

Ilusão






Às vezes, sinto raiva de mim
Desse sentimento que teima em me atormentar
Que me tira o sorriso do rosto na sua ausência
Que me transforma em alguém completa ao teu lado
Tento me libertar desse sentimento
Tem horas que penso que vou conseguir
Que minha liberdade está ao alcance da minha mão
Mas sua ausência me faz ver o quanto és importante
E o quanto sou dependente desse amor
Me vejo aprisionada em uma ilusão nebulosa
Sem enxergar uma luz real
Minha mente me tortura com pensamentos ilusórios
Que atropelam minha lucidez
Me aprisionando a um sonho
Que nunca será real.


Não diga nada





Hoje te peço que não diga nada
Não me peça calma nem coerência
Não me peça pra esperar o tempo passar
Não meça meus sentimentos, minhas emoções
Não me compare
Sou única
Sou razão
Sou paixão
Sou sempre eu mesma
Com meus fantasmas, meus medos
Não me fale de coisas bonitas
Da natureza, da vida
Conheço tudo isso
Sei onde quero chegar
Não espere me influenciar
Não espere explicações
Nem desculpas
Só sou eu mesma
Meu amor é incondicional
Minha alma é livre
Livre para sonhar...

Eu só queria o silêncio. Silêncio das formas e dos movimentos. Silêncio das palavras mal ditas.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Oamor




De repente, como veio, o amor foi embora
Bateu
Entrou
Fez morada
Se apossou
Não pediu licença
E tomou conta de mim
Quando me viu entregue
Já sem forças
Foi embora
Não disse adeus
Não deu motivos
Só me deixou
Abandonou.

Sufocada pelo silêncio




Sufoca pelo teu silêncio
Sem entender a vida
Corro em círculos
Preciso de ar
Ando de um lado a outro
Me pergunto onde errei
O que te faz agir assim
Sufoco aos poucos
Tento sem sucesso buscar o ar que me falta
Vejo a hora que vou sucumbir
Sem você aqui.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Encontro





Foi um encontro marcado
Mas não nesta vida
São ligações de almas
Amor de muitas vidas
Lá no jardim perfeito
Onde só o amor existe
Que nos encontramos
Com permissão em sonho flutuamos
E em um encontro a muito esperado
Nos nos beijamos, sentimento sem explicação
Revelando segredos passados
E trazendo o mistério
Do que nos espera o futuro.

Não sei






Não sei... Não sei
Ou será que sei?
O que sentes
O que sinto
Será o mesmo sentido por nós?
Porque você luta pra não sentir
Se o amor já está em ti
Porque luto para esquecer
Se tudo me lembra você
Não sei... Não sei
Ou será que sei
É o amor que nos domina
E nos leva a ruína
Nos move, nos faz sonhar
Ao deitar e ao levantar
Com a lua ou com o sol
Esse amor me faz viver
Me faz seguir
Me faz sentir
Mas será sempre essa página em branco
Não sei... Não sei.


domingo, 16 de setembro de 2012

Pesadelos




Sonhos da noite
Que me atormentam a vida
Naufragam nas trevas mais violentas
Me fazendo sentir medo
E junto ao medo insonia
Me trazendo duvidas
Mas mesmo assim os pesadelos da minha consciência adormecida
Eram mais agradáveis que a crua realidade
E noites intermináveis
Só me resta morrer pra renascer em outra dimensão
Onde não há trevas nem duvidas
Onde a luz e o amor prevalecem
Onde toda névoa se dissipa
Onde só o amor é a verdade.

A procura de paz





Abdico a um futuro falso e hipócrita
Quero uma vida de verdade
Não suporto a hipocrisia do mundo
Não aguento falsas verdades
Não suporto o olho ambicioso das pessoas
Que escondem seus reais sentimentos
Tento desesperadamente influenciar e vigiar meus pensamentos
Para  a positividade
A pessoas hoje vendem sua dignidade a troco de nada
Qualquer migalha é lucro na busca do ter mais
Me revolta a indignidade humana
As pessoas precisam se despir dessa imagem de bons samaritanos
E revelar seu verdadeiro eu
Deixem de lado esses sentimentos caóticos
Parem de esmolar riquezas
Deixem de lado a ignorância que assola o mundo
Aproveitem essa chance de uma nova existência
E busquem o progresso
A felicidade e a paz...

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Amor ou obsessão




Será que tudo isso é amor?
Ou uma simples obsessão
Meu espírito segue uma trilha que não sei onde vai chegar
Essa mistura de sentimento
Carinho, ternura e medo
Medo do que nos aguarda no misterioso futuro
E o enigmático passado que trazemos no inconsciente
Como o carinho e ternura que sinto
Mas o medo e pavor que me traz teu olhar
Sigo com esse sentimento misto que habita meu peito
Confundindo e torturando meu subconsciente
Meu espírito sofre com questões enigmáticas
Amor ou ilusão?
Tudo é sofrimento, então?
Ter ou deixar de ter
Sentir ou deixar-te partir
Me sinto perdida nessa vida conflitante
E meu ser no ultimo suspiro se enche de esperança
De saber o que está certo e o que está errado
E assim sigo criando um mundo interno só meu
Onde viajo por jardins perfeitos
Por histórias de amor e paz
Onde o carinho é eterno
E o amor, o sentimento mais puro e verdadeiro.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Duvidas






Não sei em que direção seguem meus passos
Não sei que caminho seguir
Mas sei que carrego no peito esse sonho
Essa vontade que me agonia
Aprisionada pela ignorância do que está escrito
Sigo tentando entender
Muito ferida, já agonizante
Prisioneira dessa vida tortuosa
Meu espírito sobrevive
Indo e voltando a nossa verdadeira vida
Dúvidas me levam
Será realidade ou ilusão
O que me liga a você amor, paixão
E na dúvida fico entre a razão e a emoção
O certo e o errado.


terça-feira, 11 de setembro de 2012

Nós





Às vezes, tento esconder a falta que você me faz
Tento não pensar em ti
Desprender-me da paixão
Mas é impossível  te esquecer
Ouço tua voz doce ainda a falar ao meu ouvido
Sinto teu cheiro ainda em meu corpo
Sinto teus gestos de carinho que ora me acalmam
Ora me levam a loucura
Tento levar meus pensamento pra longe
Tento fugir, esquecer
Ma você está em mim
Assim como eu estou em você.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Cenário político






Eu queria mudar essa face oculta da politica
Queria derrubar as máscaras dos falsos
Acabar com essa ociosidade crônica oculta
Escondida atrás de promessas vãs
E o povo humilde de coração puro amarga enganos cometidos nas urnas
Se deixa levar por aperto de mão e promessas
Não estuda a fundo o carácter e o passado do seu candidato
Não percebe que o mundo para onde eles vão é de tentações
A todo momento recebemos notícias de mais um escândalo
De propina ou notas super faturadas
Sem esquecer os empregos fantasmas que nosso dinheiro paga
E nós, povo humilde, nos deixamos enganar
Continuamos sem saúde, sem escolas e sem segurança
Nos deixamos enganar por especialistas em propaganda visual
O direito a um salário decente, saúde e estudo é quase um mito
Vamos pensar que não podemos ser tratados como animais
Temos direito ao mínimo de dignidade
Não vamos nos deixar comprar por uma sexta básica
Dadas em época de eleição
Vamos lutar por nossos reais direitos
Que são trabalho e salário justo para sustentar nossos filhos
Dando a eles direito a saúde e educação
A hora está chegando...
Vamos tirar do cenário político os sangue sugas
E tentar mudar esse cenário que se apresenta de corrupção
E ao menos tentar um começo pra uma vida mais digna a todos nós .


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Grito





Gritei...
E meu grito fez eco
No silêncio da minha solidão
Senti o vazio infinito do meu ser
Na ausência do amor que se foi
Lágrimas já não rolam mais
Esvaziaram-se aos poucos
Assim como está meu coração agora
Meu grito ecoa somente dor
O coração esvazia-se por completo
Nada mais resta
A dor invade meu ser
E um grito de desespero pede socorro
E em todo meu ser a certeza que tudo acabou.

Sonhos






Sonhei com você, meu doce e amado ser
Sonhei o mais lindo e doce dos sonhos
Envolvi-me em teus braços
Sentindo o prazer das sua carícias
Me deixei levar por seus encantos
O corpo juntinho, olhos nos olhos
O gosto da sua boca
Sentimentos livres
Emoções que me levam a loucura
Amor, desejo, paixão
Acordo com a mais gostosa sensação
Me perco nas lembranças do nosso amor
Mas foi sonho
Nada mais que sonho
O mesmo sonho que tenho quando estou acordada.


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Só eu sei






E ninguém pode me julgar
Nem falar por mim
Ninguém sabe tudo que passei
Tudo o que eu vivi
Ninguém sabe dos meus desejos
Das lágrimas que derramei
Dos sonhos que sonhei
Dos projetos que fiz
Dos risos que não dei
Das histórias que inventei
Dos amigos que perdi
Do quanto eu sofri
Do ódio que senti
Quando descobri que loucamente te amei
E que tola te perdi...

domingo, 2 de setembro de 2012

Setembro





E setembro vem chegando bem devagar
O inverno, que é meu predileto, está acabando
O agosto, chamado mês do desgosto
Nunca me deixou tão inquieta como agora
Os dias ainda seguem meio apagados
Com suas noites e manhãs ainda muito geladas
Mas já trazendo a minha lembrança
O perfume das flores
O calor ainda tímido do sol
A natureza já em festa enfeita a vida com suas cores
Seu perfume enche o ar com diversos aromas
Há primavera...
Moça bonita e faceira
Vem vestida pra festa das cores
Trazendo alegrias
Fazendo dançar borboletas e pássaros
E livres os lindos beija-flores.


sábado, 1 de setembro de 2012

Lágrimas de flagelo.





Uma lágrima rolou de repente
Sem que eu conseguisse segurar
Ela caiu liberta e cristalina
Trazendo a tona a doce saudade
Que em meu peito transborda
Você foi o amor que veio no tempo errado
A chuva forte lá fora
Bate no telhado em um som descompassado
Abafando os soluços que meu peito solta
Envolto em lembranças de tudo que vivemos
Dos nossos sonhos e projetos
Choro a saudade de um tempo passado
De algo que foi uma grande ilusão
E de tudo isso só sobrou o vazio em meu coração
E assim ando, lágrimas perdidas
Sonâmbula nos meus trágicos flagelos
E doces lembranças.






terça-feira, 28 de agosto de 2012

Quero entrar em seu mundo




Deixe que eu entre em seu mundo
Abra as portas para que eu possa entrar
Deixe minhas palavras invadirem seu coração
Olhe em meus olhos e deixe-me penetrar sua alma
Deixe-me invadir sua vida
Deixe-me levar o amor e a paz
Deixe-me te fazer um carinho
Deixe-me tirar teu sossego
De mãos dadas vamos juntos
Me abrace, me deixe ver o tempo parar.

domingo, 26 de agosto de 2012

Será?




Estive pensando
Será que sou só eu que sinto sua falta?
Você em nenhum momento pensa em mim?
Talvez quando eu não esteja mais nesse mundo você sinta falta da minha existência
Talvez um dia você sinta falta desse alguém que só quer o seu bem
Desse alguém que se preocupa com você
Mesmo que nós neguemos  esse amor
Sabemos que ele existe
Mesmo que lutemos contra
Mesmo que tentemos fugir
Você sempre volta
Por longos dias sonhei em estar em teus braços
Sonhei em te dar um bom dia
Dizer e "ouvir eu te amo" sussurrado ao ouvido
Muitas foram as noites que povoaste meus pensamentos
Pense que enquanto você foge do amor, nós sofremos
E quando você resolver parar de fugir, talvez seja tarde demais
Talvez encontre somente um corpo gélido e sem vida
E só reste os seus lamentos.



Amor prisioneiro




Quando a saudade explode no peito
Volto...
Refaço nosso caminho
Passo a passo
Música a música
Momento a momento
Finjo andar sem destino
Mas conscientemente, as lembranças me alimentam
Como uma história contada nos livros
Revivo nossos momentos
Tento sorrir, mas não consigo
Lágrimas já não rolam mais
Só as lembranças vivas
Sentimentos fortes
Tento desesperadamente esquecer
Quero reagir, mas não posso
Foi um encontro de almas
Foi o amor verdadeiro
E esse amor me aprisionou no passado
Por mais que eu tente me libertar
Acabo voltando ao passado pra te encontrar.
Não importa onde estou, nem pra onde vou. Continuarei sendo sempre eu mesma, com todos os defeitos e qualidades adquiridos durante minha vida.

Eu estou tentando.




Eu estou sempre tentando
Tentando entender as pessoas
Tentando aceita-las como são
Com defeitos e qualidades
Mesmo quando essas atitudes vão contra tudo que acho certo
Não sou perfeita
Mas luto todos os dias para ser melhor
É difícil pra mim aceitar que a regra básica da vida não é usada
"NÃO FAÇA AOS OUTROS O QUE NÃO QUERES QUE FAÇAM A TI "
Mas estou aprendendo a aceitar
Que na vida sempre teremos decepções
Mas que sempre devemos dar outra chance
Talvez até perdoar
Estou aprendendo a escutar com o coração
Descobrindo angústias disfarçadas
Entendendo a dor do outro
Suavizando as feridas
Vendo o medo disfarçado de coragem
Vendo o que há por trás das máscaras
Eu estou tentando não guardar mágoas
Tentando ser a cada dia melhor.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Quero meus sonhos de volta




Quero meus sonhos de menina de volta
Quero meu sorriso sincero
Quero poder pintar o universo com as cores do arco-íris
Quero deitar na grama e olhar para o céu
Quero ver que formas tomam as nuvens com a imaginação de uma criança
Quero contar as estrelas
Imaginar quem mora na lua
Quero voltar a sonhar com minha casinha de boneca, onde tudo era perfeito
Quero andar nas cores do arco-íris como se fosse um gigantesco escorega
Quero pintar o meu mundo do meu jeito
E povoa-lo com meus sonhos
Quero meus sonhos de menina de volta.